SISAPE - Sistema de Acompanhamento de Projetos de Pesquisa e Extensão

Detalhes do Projeto

Título
Grupo de Estudo e Trabalho sobre a Saúde da População Negra
Tipo de Projeto
Extensão
Coordenador(a)
Natiene Ramos Ferreira da Silva
Tipo de Extensão
Eventual
Data Inicial
01/06/2019
Data Final
30/05/2020
Resumo
A invisibilidade de questões referente à saúde da população negra é uma expressão do racismo institucional. Este refere-se ao "fracasso da instituição e organizações de prover um serviço profissional adequado às pessoas em virtude de sua cor,cultura, origem racial ou étnica" (DFID; Instituto AMMA Psique e Negritude, 2007, p. 15). Tal omissão gera impacto nas políticas e serviços que serão construídos para essa população. A fim de combater o racismo institucional, o Ministério da Saúde instituiu em 2009, a Política Integral de Saúde da População Negra - com o objetivo de promover a equidade em saúde. Em busca de ações de promoção de saúde dessa população, um dos passos é a desmitificação dos esteriótipos e preconceitos que circundam o imaginário popular e que causam uma série de prejuízos e agravos à saúde da população negra. Essa extensão, tem como objetivo discutir aspectos de saúde da população negra a partir da produção de autores negros, visto que uma das formas de expressão do racismo é invisibilizar a produção de intelectuais negros, o que tem sido definido espistemicídio - processo de destituição da racionalidade, da civilização e da cultura do outro (Carneiro, 2005). Diante disso, o grupo de estudo e trabalho sobre a saúde da população negra: por uma prática de sáude inclusiva possui os seguintes objetivos: -Dar visibilidade as questões de saúde da população negra; contribuir para uma formação e atuação profissional crítica;possibilitar um espaço de fortalecimento e reconhecimento de estudantes negros (as) e quilombolas.
Equipe Executora
NomeVínculoFunção no ProjetoCH Semanal
Natiene Ramos Ferreira da SilvaTécnico AdministrativoCoordenadora5